Essa semana o Salad3 recebe a fonoaudióloga e especialista em comunicação e voz Clara Rocha. Ela também é atriz, mas sua grande paixão é a voz! Começou desde pequena trabalhando com música e coro cênico, quando descobriu um problema na sua voz que a fez seguir na área de preparação vocal como profissão. “Inicialmente eu só trabalhava com profissionais no cuidado da voz e depois passei para questões de comunicação, porque a nossa voz é só uma parte da nossa comunicação”, conta.

salad3
Salad3/Divulgação
Anote as dicas de Clara Rocha para ter uma voz mais saudável e se comunicar melhor


Mas vamos começar falando dos cuidados com a nossa voz. Tanto a voz feminina quanto a masculina modificam com a idade, de forma natural – assim como acontece com todo o nosso organismo. Portanto a qualidade da vida que levamos impacta diretamente na saúde da nossa voz!

"A qualidade de vida interfere bastante na nossa voz, porque quando temos uma saúde legal, a nossa voz tende a ser saudável também”, enfatiza nossa especialista. E completa - “ Existem diversos fatores que interferem na nossa voz, como por exemplo a alimentação. Se eu tenho uma alimentação ruim, ela pode gerar um impacto negativo na minha voz, como um sono ruim também ou momentos de stress altos. São coisas que estão mais relacionadas e interligadas do que imaginamos”, conclui.

E numa época de muitas lives, aulas on-line , onde as pessoas estão buscando melhorar sua comunicação e expressão, uma das palavras mais buscadas no Google aparece - Oratória.

São cursos explodindo por todos os lados, as pessoas buscando melhorar a conexão com quem está do outro lado, seja para vender um produto, ou vender uma ideia, dar aulas e cursos, e mesmo “se vender” na Internet.“ Nessa quarentena tem aumentado a busca de comunicadores buscando treinar suas habilidades de comunicação, melhorar a parte de gestualidade, expressão facial e modulação de voz”, nos conta.

Mas muito da nossa personalidade está na nossa maneira de nos comunicarmos, e isso envolve a nossa velocidade de fala. Pessoas mais agitadas tendem a falar mais rápido, muitas vezes “engolindo” as palavras. Já pessoas mais calmas falam com menos velocidade.

“Se a personalidade é mais acelerada, a minha fala naturalmente também vai ser mais acelerada, o importante é ter um bom padrão de articulação para o ouvinte entender o que eu falo. Uma boa dica é - quanto mais eu articulo as palavras, automaticamente eu lentifico minha voz”, enfatiza.

E o recado final da nossa querida Clara - “ Se você cuidar da MENTE e do CORPO, tudo vai funcionar melhor, inclusive sua comunicação!!!
Assistam o vídeo, e vejam o treino que fizemos com a Clara de articulação de voz para lentificar nossa fala. E bebam muita água!!! As cordas vocais agradecem.


clararocha.com.br
@clararocha.voz
Telefone - 11 99567 8581
CRFa 2 - 16.409

    Mais Recentes

      Comentários